Clubes

Logo Ponto Com

Braga City Race 2018 – A prova vista por mim

0

Neste Domingo dia 08 de Março, realizou-se a segunda etapa do circuito “Portugal City Race 2018, evento organizado pelo .COM.

Depois do segundo lugar em Esposende e uma vez que ainda não consegui debelar a lesão no gémeo esquerdo, as minhas expectativas para este dia, era perder o menos tempo possível para o vencedor, o que não veio a acontecer pelos erros que cometi durante a prova.

Logo desde o inicio que fui perdendo tempo na corrida, sendo que os erros nos pontos, 6º (perdi-me e acho que não fiz a melhor opção), 9º (não vi a escada que fica na direcção linha que une os pontos),  ainda vieram a agravar mais a situação.

No final fui 3º classificado a cerca de 1 minuto e 20 segundos do vencedor, António Amador do OriEstarreja.

Logo Ponto Com

S. Victor .COMmapa 2018

1

Prova local de Orientação, organizada pelo Clube de Orientação de Braga, no passado Sábado dia 07 de Abril de 2018.
Prova de score, onde cada ponto tinha uma pontuação atribuída (de 5 a 15 pontos), sendo vencedor o atleta que somasse mais pontos durante os 25 minutos de duração da prova, sendo penalizado em 15 pontos por cada minuto a cima dos 25 minutos autorizados.
Fui 2º classificado em Homens.
Perdi-me completamente a seguir ao ponto 59 (comecei a orientar-me a pensar que estava a sair do ponto 38), e ainda acabei por ser mordido (sem gravidade) por um cão (eu fiquei bem, o cão não sei).

Amigos da montanha

Esposende City Race 2018 (A prova vista por mim)

0

Esposende City Race, primeira prova do circuito Portugal City Race 2018.
Em relação a esta prova e depois de uma semana sem treinar a recuperar de uma lesão, uma má opção para o 11º ponto de controlo deitou tudo a perder, embora o essencial tenha sido participar e correr sem dor. Obrigado Serfisio Barcelos.

Logo Adfa

Portugal “O” Meeting 2018 – Day 1 – Video da Prova H 45

0

Natura

III Meeting “Orientação” Dão Lafões

1

Realizou-se nos dias 03 e 04 de Fevereiro na zona de Satão, Viseu, o III Meeting “Orientação” Dão Lafões, evento organizado pelo Clube de Orientação de Viseu.

Este evento contou com tres etapas de Orientação sendo que apenas duas delas contavam para a Taça de Portugal.

No Sábado de manha no mapa de São Matias corremos a distancia média, neste mapa encontramos um terreno muito técnico e percursos muito bem conseguidos, levando os atletas a ter que correr (caminhar) sempre colados ao mapa para não cometerem erros de navegação, erros esses que eu não evitei nos pontos de controlo 4, 5 e 11, sendo que tive bastantes dificuldades em navegar e cometi pequenos erros em quase todos os pontos de controlo, o 2º lugar na geral a alguns segundos do primeiro classificado vieram confirmar a sensação que tive quando terminei a minha prova, que tinha sido uma prova muito técnica.

Mapa media DOMA

No Domingo de manhã voltamos ao mesmo mapa para a Distancia Longa, o que a meu ver iria ser um dia complicado em termos de navegação (olhando as dificuldades do dia anterior).

Fui para as partidas sem saber o que realmente esperar da minha prova, mas atendendo que era uma distancia longa, eu ia a espera de um percurso com alguma dificuldade técnicas mas com pernadas que dessem para fazer opções seguras, engano meu, se no sábado tinha sido complicado desta vez foi multiplicado por dois e os 93 minutos que levei a fazer 7100 metros da prova são o espelho disso.

Embora tenha feito 93 minutos na prova, grande parte se deve a erros de navegação, basta ver o mapa aqui, mais de 11 minutos perdidos no 3º ponto de controlo, mais tres minutos no ponto 7 e quatro minutos no ponto 11, ainda quase dois minutos no ponto 13, enfim, se não foi a prova mais difícil de sempre não anda muito longe.

No final e como apenas fiz duas das tres provas deste evento fiquei em 7º lugar na geral, mas somei um 1º e um 2º lugar para a Taça de Portugal, taça que sou líder actualmente.

Tenho que dar os parabéns ao clube de orientação de Viseu pelos excelentes percursos num dos mapas mais difíceis tecnicamente que naveguei até hoje, obrigado.

Agradecer a Serfisio Barcelos pelo apoio prestado durante os últimos anos, e agradecer também aos jornais de Barcelos pela divulgação dos meus resultados.

Ir ao Topo