Realizou-se no passado Sábado dia 29 de Abril de 2017 o Vila do Conde City Race, a 3ª etapa do circuito Portugal City Race.

Fui até Vila do Conde com o intuito de treinar e preparar-me para o campeonato nacional de sprint que se avizinha, e como gosto de fazer publicidade a Orientação levei a gopro para poder filmar a minha prova. Infelizmente e por me ter esquecido do relógio em casa (a trak do relógio é essencial para poder fazer o filme da prova) esta prova esteve longe de ser uma boa prova em termos técnicos, pois o facto de me ter esquecido do relógio pesou-me na consciência durante a maior parte da prova o que fez que eu corre-se desconcentrado e cometesse alguns erros de na leitura da sequência dos pontos de controlo.

Resumindo, esqueci-me do relógio mas emprestaram-me um, fui para a partida desconcentrado, não iniciei a gravação ao mesmo tempo que o relógio, arranquei e não levei sinalética extra, tudo isto dá um atleta a correr de mapa na mão e a tentar colocar as ideias em ordem mas a não conseguir, de tal maneira que ia passando o primeiro ponto de controlo.

Durante a prova e já depois do cansaço começar a aparecer, do 9º para o 10º ponto de controlo e já a meio da pernada decidi ir em direcção ao ponto 19º só depois corrigi para o 10º, para piorar a situação do 10º arranquei em direcção ao 14º ponto de controlo só já perto desse ponto é que reparei no erro e rectifiquei a opção. Já do 18º para o 19º ponto de controlo naveguei em direcção ao 6º ponto de controlo tendo que voltar a rectificar a pernada. Para finalizar do 19º para o 20º ponto de controlo, por erro no traçado de percurso (o traço esconde metade da rua) pensei que o 20º ponto de controlo estava numa rua sem saída e por isso a opção seria sempre dar a volta e atacar o ponto de oeste para este, mesmo assim falhei as escadas junto ao ponto 10º e resolvi dar a volta pela zona sul do ponto, mas a meio da pernada decidi arriscar e entrar pela rua escondida pelo traço da pernada e acabei por não perder muito tempo nessa pernada.

No final e mesmo com estes pequenos erros de opções acabei por vencer a prova, fiquei triste pela má exibição técnica mas super satisfeito por ter feito a prova toda a correr o que nunca tinha acontecido desde que fui operado ao tendão de aquiles.

Da parte da tarde realizou-se um super sprint, prova da qual falarei depois.

Mapa com o percurso no DOMA