16 de Dezembro de 2012, dia da 19ª São Silvestre do Porto.

Como habitual nesta altura do ano, aproveito esta São Silvestre para competir e ao mesmo tempo ganhar um pouco mais de ritmo de competição, pois com a ausência de provas de Orientação até Fevereiro, posso experimentar outro tipo de corrida, especialmente esta prova, que alem de muito participada, tem também um percurso muito duro, o que para mim até é agradável, pois eu sinto-me bem com o sobe e desce desta prova.

Desta vez fui até ao Porto não só para treinar, mas com o intuito de conseguir baixar dos 35 minutos, mínimo pedido pela Federação Portuguesa de Orientação, para poder pertencer ao Grupo de Selecção, e assim poder participar em estágios e quem sabe no Campeonato do Mundo.

Depois de estar ausente do Grupo de Selecção durante este ano de 2012, este ano decidi tentar fazer estes mínimos, pois não quero que alguns atletas se sintam sós no próximo estagio, uma vez que já estavam a contar com a minha ausência depois de eu falhar os mínimos nos 5000 metros no ultimo estagio a quinze dias a traz, assim com este resultado pode ser que eu sinta a falta deles na Finlândia, quando for o Campeonato do Mundo.

Ao contrario das ultimas participações nesta prova, desta vez consegui partir juntamente com os principais atletas nas linha da frente (obrigado Cidalio), o que fez que não perde-se tempo no arranque e assim fazer mais de metade da prova juntamente com o grupo das atletas femininas presente neste evento, consegui seguir neste grupo até ao sexto km, mas até final segui sempre só, mas consegui o objectivo final, que foi fazer menos de 35 minutos.

Classificação RunPorto

Mapa Porto Trak (DOMA)