No passado fim de semana de 22, 23 e 24 de Setembro, o Grupo Desportivo 4 Caminhos realizou mais uma vez o Porto City Race, e tal como tem sido habito, este evento estendeu-se por tres dias, tendo sido organizado na sexta feira uma prova nocturna no Parque da Cidade do Porto, no sábado de manha uma prova de sprint na zona de Lordelo do Ouro, e para domingo de manha ficou a prova rainha deste fim de semana, o Porto City Race 2017, prova de distancia longa (em cidade) que começou e terminou na zona de Gaia mas teve pelo meio a visita a zona ribeirinha do Porto o que fez com que os atletas tivesses de atravessar a ponte D. Luís por duas vezes. Esta prova de Domingo teve a particularidade de contar para o Circuito, Portugal City Race e City Race Euro Tour.

Quanto a minha participação, em termos técnicos estive bem (poderia ter sido um pouco melhor), mas na parte física já denoto uma melhoria, sendo que em termos de treinos continuo a ter de fazer descanso duas vezes por semana.

Na sexta, no Parque da Cidade do Porto na prova nocturna, consegui ser primeiro classificado, claro que ter treinado vários anos naquele parque ajudou, mas fazer uma prova só com um pequeno erro no ponto de controlo 14º também foi fundamental.

Mapa Parque da Cidade – percurso M45 trak (DOMA)

No sábado de amanha fomos até a zona de Lordelo do Ouro, mais uma vez um bom percurso e terreno muito bom para a modalidade. Nesta prova e embora não tenha cometido erros, só venci porque beneficiei da desclassificação de um atleta que praticamente liderou até ao penúltimo ponto de controlo (ponto onde foi desclassificado por não ter controlado esse ponto de controlo). Nesta prova a organização colocou o triângulo de partida de maneira a que os atletas conseguissem fazer batota e assim tirar a verdade desportiva no resultado final.

Mapa Lordelo do Ouro – Percurso M45 trak (DOMA)

No Domingo, finalmente o Porto City Race, esta prova foi importante pois contou para o City Race Euro Tour e para mim um bom resultado era fundamental no objectivo a que me propus no inicio da época. Com parida e chegada na zona de Gaia, já era de prever uma prova de grande dificuldade física e técnica o que ao terceiro dia de competição já iria de certeza fazer mossa, restava-me tentar fazer uma prova sem erros técnicos.  No Final fui 2º classificado a escassos 16 segundos do vencedor, e agora olhando para os parciais e vendo as opções, consegui perder esta prova logo na opção do 2º para o 3º ponto de controlo, pernada onde perdi cerca de 1 minuto para o melhor tempo. Mesmo assim este resultado foi excelente e conseguiu com que me mantivesse dentro do objectivo final.

Se o Ranking do Portugal City Race esta praticamente ganho, estes pontos amealhados serviram para subir mais uns degraus no City Race Euro Tour, ficando agora a faltar duas etapas, Barcelona e Bilbao (so fiz duas etapas e contam quatro, por isso serei obrigado a participar nas duas que faltam para conseguir um lugar no podio final no meu escalão).

Porto Rity Race parte 1 (Gaia) trak (DOMA)

Porto City Race parte 2 (Porto) trak (DOMA)

Proximas participação será já Sábado dia 30 em Barcelos e dias 14 e 15 de Outubro em Aveiro no Aveiro City Race, penúltima etapa do circuito.